investimento_energia_solar_2019

Energia solar: Por que investir em 2019?

Em 2019, o Brasil terá um crescimento de geração distribuída estimado de mais de 100%. Sendo assim, estima-se um total de 104.506 sistemas de energia solar fotovoltaica conectados até o final do ano, segundo a nota técnica 0056/2017 da ANEEL.

O Brasil ultrapassou, em 2018, os 2 mil megawatts (MW) de potência operacional da fonte solar fotovoltaica conectados na matriz elétrica nacional. E o crescimento continuará em ritmo acelerado em 2019. As previsões são de ultrapassar a marca de 3 mil MW até o fim do ano, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR). Dentro deste contexto, o resultado financeiro pode chegar a R$ 5,2 bilhões em novos investimentos privados.

Tendo isso em mente, a seguir iremos explanar as razões para investir em energia solar em 2019. Confira:

1- Gerar a própria energia elétrica

Muitas empresas já estão gerando sua própria energia. E, com isso, economizando até 95% na conta de energia. É uma tendência crescente.  Ela é impulsionada por recentes inovações tecnológicas. Levando em conta também as mudanças na legislação, associadas a uma realidade global de sustentabilidade. De acordo estimativas da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), até 2024, 1,2 milhões de casas e empresas estarão gerando sua própria energia renovável.

Os benefícios de gerar a própria energia estão além da redução de custos e autonomia de energia. Sua empresa faz parte de um movimento que está revolucionando a forma como produzimos e consumimos energia elétrica.

2- Retorno de investimento é real para energia solar

A energia solar fotovoltaica já uma das fontes renováveis mais competitivas do Brasil. O retorno sobre o investimento está entre 3 à 7 anos na geração distribuída. A durabilidade dos equipamentos modernos é de 25 anos quando implantado por profissionais qualificados. E ainda, todo o controle do valor devido corresponde à diferença entre o consumo e a geração de energia fica registrado no monitoramento. Com isso, a energia solar fotovoltaica crescerá mais de 80% em 2019 e será uma grande locomotiva de prosperidade, contribuindo para o progresso e desenvolvimento econômico, social e ambiental do Brasil.

Ou seja, a geração de energia solar fotovoltaica já atingiu a maturidade necessária em todos os aspectos necessários para trazer ganhos reais e comprovados. Com isso, a energia solar fotovoltaica crescerá mais de 80% em 2019 e será um grande motor de inovação presente no planejamento estratégico das empresas, contribuindo para o progresso e desenvolvimento econômico, social e ambiental do país.

3- Taxas de juros atrativas para financiamento em energia solar

Os bancos veem a energia solar fotovoltaica como um bom investimento para empresas que estão de olho do planejamento estratégico. Linhas de financiamento hoje são oferecidas a taxas de juros atrativas para quem deseja transformar seu telhado em um microusina solar. Em alguns casos, chegando até, aceitar como pagamento o valor da economia obtida na conta de luz.

As taxas para a compra de sistemas para a geração de energia solar, podem começar com 0,99% ao mês à 1,69% ao mês, dependendo da instituição. Existem condições especiais para empresas, opção de financiar 100% do valor em 60 meses.

4- A Energia fica mais cara em 2019

Consumidores pagarão R$ 17 bi na conta de luz em 2019 para cobrir subsídios, decidido pela Aneel em 18 de dezembro de 2018. O destino desse valor é para a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE).

Essa medida se destina como desconto para a conta de energia de quem faz irrigação; subsídio à conta de luz de famílias de baixa renda; abastecer as termoelétricas que geram energia para a região Norte do país e também pagar programas sociais como o Luz Para Todos.

Saiba para onde vai  R$ 17,187 bilhões aprovados pela Aneel:

  • R$ 16,238 bilhões serão pagos por todos os consumidores de energia, tanto os atendidos pelas distribuidoras quanto os que compram energia diretamente dos geradores;
  • R$ 949 milhões serão pagos apenas pelos consumidores cativos.

    Impacto na tarifa

A avaliação da Aneel é que o custo da CDE leve a uma alta média de 1,45% nas tarifas de energia em 2019. Nessa perspectiva, para quem implantar energia solar, quanto maior o valor da tarifa, mais rápido será o retorno no investimento.

Agora que você compreendeu, em linhas gerais, quais os motivos para investir em energia solar em 2019, que tal fazer uma simulação em nosso site e agendar uma conversa com nossos especialistas? Conheça os projetos da DAYBACK.

investir-energia-solar

Como obter financiamento para energia solar

A geração de energia solar fotovoltaica gerou 2 mil MW no Brasil em 2018. Visto que, nos últimos anos, a tecnologia comprovou ser viável financeiramente para as empresas. Os retornos de investimento, conhecido como  PayBack, é estimado em 03 à 07 anos.

Você é empresário ou diretor e já teve o interesse em investir em energia solar fotovoltaica? Chegou a fazer um orçamento mas ficou com medo de investir? Que bom que você chegou até esse texto. Vamos te explicar como obter opções de financiamento para energia solar.

Descubra a seguir como você pode obter um bom financiamento para energia solar e passar a economizar até 95% em sua conta de energia o quanto antes!

1. Requisitos para angariar um bom financiamento?

  • Documentação: Para pessoas jurídicas, é importante ressaltar que todas as Certidões de Negativa de Débito (CND) precisam estar em dia. Neste caso, se o financiamento for solicitado em um banco público ou de fomento. Esses documentos são chamados de Garantias de Idoneidade.  Para os demais bancos, os privados, apenas os documentos que comprovem a saúde financeira da empresa e seus sócios.
  • Pesquisa por perfil de empresa: Dependendo do seu perfil de empresa, seja indústria, comércio ou agrícola, existe um linha de crédito para o seu negócio. Visto que, algumas instituições possuem créditos específicos para energia solar. Também, é possível encontrar benefícios em determinadas regiões. Como por exemplo, o FCO rural/empresarial do BB no Centro Oeste, onde as taxas de juros são bem atrativas.  
  • Variação com o tempo entre as instituições: Primeiramente,Precisamos entender que as linhas de crédito e financiamento são alteradas com o tempo. Bem como, os requisitos de cada crédito em particular. Principalmente, aqueles feitos por bancos regionais de fomento. Ou seja, sempre busque informações atualizadas junto às instituições para saber quais são as oportunidades.

2. Qual o tempo máximo para pagar o financiamento?

Existem prazos de até 240 meses! Mas calma, o financiamento variam de acordo com a linha e o perfil do cliente. Logo, saiba que, é improvável que sua empresa precise de tanto tempo. Os resultados de retorno do investimento, dependendo da região e do tamanho do projeto, ocorrem em até 7 anos.

Um sistema solar fotovoltaico é um investimento de vida útil longa. A tecnologia atual, estima-se que a durabilidade das placas esteja entre 25 a 35 anos, dependendo do fabricante.  Semelhantemente, os inversores podem durar até 20 anos. Como podemos ver, o prazo de retorno varia caso a caso. Isto é, depende do porte de cada empreendimento e qual será o custo do projeto.

Portanto, observa-se que o investimento em energia solar é interessante para quem consome quantidades consideradas intermediárias de energia. Por exemplo, postos de gasolina, silos graneleiros, supermercados e hotéis estão entre os investidores mais frequentes na tecnologia. Para esses perfis, o prazo de retorno deve acontecer entre três a sete anos. Assim sendo, podemos concluir que, financiar placas fotovoltaicas é um investimento seguro, pois os preços da energia elétrica irão só aumentar.

3.  Algumas linhas de crédito de energia solar para empresas

Finame do BNDES

Para serem financiados pela linha, as máquinas e equipamentos devem ser credenciados no BNDES, que somente poderá apoiar a aquisição de equipamentos com o código Finame do sistema fotovoltaico. Com o código Finame do sistema FV, a empresa (beneficiária da operação) poderá financiar a sua aquisição, direta ou indiretamente, pelo BNDES.

PÚBLICO ALVOJUROS OU TAXAS3 OpçõesLIMITES DE FINANCIAMENTOPRAZO
Empresas sediadas no País1,05% ao anoAté 100% dos itens financiáveis.Até 10 anos, com carência de até 2 anos.

Confira neste link as atualizações: Financiamento BNDES

Como adquirir

É necessário que a empresa escolhida encaminhe as solicitações diretamente ao BNDES. Uma instituição financeira credenciada também pode realizar esse processo.

FCO Banco do Brasil

Esse programa de financiamento à energia solar do Banco do Brasil utiliza recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), criado pelo governo para fomentar o desenvolvimento econômico e social da região, e é oferecido a empresas e produtores rurais através de dois principais programas:

Com prazos, limites e encargos financeiros diferenciados, esta linha de crédito é destinada às empresas que se dedicam a atividade produtiva nos setores industrial, agroindustrial, mineral, de turismo, de infraestrutura econômica e de comércio e serviços na região.

PÚBLICO ALVOJUROS OU TAXASLIMITES DE FINANCIAMENTOPRAZO
Empresas e Propriedades Rurais na região do Centro-Oeste brasileiro.Definidas caso a casoFinanciamento de até 100% dos bens, a depender do porte e da região em que se encontra o empreendimento.Prazos que podem chegar a até 20 anos (incluída carência de três meses até, no máximo, cinco anos)

Confira neste link as atualizações: Financiamento FCO BB

Proger Urbano Empresarial Banco do Brasil

Linha de crédito para ampliar ou modernizar empresas. Com o financiamento o empreendedor pode expandir seus negócios, com reformas de suas instalações, aquisição de máquinas, equipamentos ou veículos automotores. O financiamento utiliza recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), do Governo Federal. Os projetos de investimento devem proporcionar geração ou manutenção de empregos e renda.

PÚBLICO ALVOJUROS OU TAXASLIMITES DE FINANCIAMENTOPRAZO
Empresas de micro, pequenoe médio porte, que possuamum faturamento bruto de nomáximo R$ 10 milhões de reais no ano.1+9 parcelassem juros.100% dos itens financiáveisAté 36 meses
1+23 parcelas1,10% ao mês
1+35 parcelas1,45 ao mês

Confira neste link as atualizações: Financiamento Proger BB

  • Benefícios:

É possível conseguir uma carência de 12 meses para começar a pagar o projeto.

  • Garantias:

Utilização de fundo garantidor (FAMPE) como garantia de parte do financiamento    para ter acesso a taxas diferenciadas.

Agro Pronaf Banco do Brasil

A linha de crédito Pronaf Eco do BB destina-se aqueles produtores rurais que se preocupam com o meio ambiente e que desejam investir em soluções ambientais e de silvicultura.

Os ganhos advindos disso são de benefício do próprio agricultor, que poderá fazer uso de tecnologias que trazem maior sustentabilidade ou melhorias ao campo, como os sistemas fotovoltaicos.

PÚBLICO ALVOJUROS OU TAXASLIMITES DE FINANCIAMENTOPRAZO
Pequenos produtores que compareçam a agência com a Declaração de Aptidão ao pronaf (DAP), exceto aqueles dos grupos A, A/C e B.2,5% a.a. para projetos eco.Os produtores que aderirem ao programa possuem o limite máximo de financiamento de R$ 165 mil.Até 12 anos, com até 8 anos de carência, dependendo do empreendimento financiado.
5,5% a.a. para silvicultura.

Confira neste link as atualizações: Financiamento Pronaf BB

Linha Sustentabilidade Santander

Por meio da Santander Financiamentos, é possível obter três linhas de crédito. Incluindo a compra e instalação de equipamentos para geração de energias renováveis (como a solar fotovoltaica).

PÚBLICO ALVOJUROS OU TAXAS3 OpçõesLIMITES DE FINANCIAMENTOPRAZO
Empresas interessadas no parcelamento de produtos e serviços relacionados à sustentabilidade.As taxas de juros alternam de acordo com o relacionamento que o cliente possuir com o banco.Até R$1 milhão80% dos itens financiáveisAté 72 meses

Confira neste link as atualizações: Financiamento Santander

Financiamento para Energia Solar – Sicredi

O Financiamento para Energia Solar é uma linha de crédito específica para a aquisição de tecnologias (equipamentos e softwares) que se beneficiem de energia solar para um determinado fim.

PÚBLICO ALVOJUROS OU TAXAS3 OpçõesLIMITES DE FINANCIAMENTOPRAZO
Qualquer empresa que esteja associada ao Sicredi e que queira comprar produtos capazes de gerar energia elétrica por meio da fonte solar.As taxas de juros variam entre 1% e 3% ao mês, condicionadas à análises de crédito.100% dos itens financiáveisAté 60 meses

Confira neste link as atualizações: Financiamento Sicredi

Portanto, agora você está um pouco mais preparado para conquistar o financiamento para o seu projeto. Todas as dicas dadas no item 3 podem sofrer alterações. É necessário sempre validada juntamente com os gerente de contas de cada banco. Se ainda está com dúvida sobre o cálculo de quanto sua empresa pode economizar, acesse nosso simulador.

DAYBACK – Energia Estratégica – redefinimos o seu relacionamento com energia. Tire proveito do Marketing Verde. Assuma o controle de seus custos de energia hoje!

energia-solar-escola-universidade

Energia Solar para escolas e universidades

Cada vez mais as instituições de ensino buscam adaptação de suas metodologias perante os desafios da formação de alunos. Para isso, pensar em estratégias que garantem a longevidade da escola como empresa, é essencial.

A tecnologia tem sido uma grande aliada nessa jornada de modernização das escolas e universidades. Para isso, pensar em energia como estratégia de negócio é um dos pilares para dar previsibilidade econômica.

Neste post, vamos apresentar 3 benefícios que a Energia Solar tem para escolas e universidades.

1 – Redução de custos

Competir em recursos educacionais como laboratórios e atividades extracurriculares necessita investimento que precisa trazer retorno financeiro. Antigamente, a única forma de tornar sustentável financeiramente todas melhorias feitas em infraestrutura era aumentando a mensalidade. Com a Energia Solar, é possível reduzir até 95% dos custos com energia elétrica fornecida pela distribuidora. Desta forma, investir em energia solar fotovoltaica é um grande diferencial estratégico.   

A energia elétrica tem um forte impacto nos custos de uma instituição de ensino. Logo, algumas dicas como instalar lâmpadas de LED e aproveitar o máximo a luz do sol são válidas. Mas, economia de verdade é vista quando um projeto muito bem planejado de placas fotovoltaicas é instalado na unidade.

2 – Marketing verde

A missão de ensinar na prática sobre sustentabilidade para crianças, já é pré-requisito de muitos pais ao escolher qual a melhor escola para seus filhos. A implantação de um projeto de energia solar fotovoltaico é um belo exemplo prático. É possível compartilhar com alunos e pais o quanto de CO2 foram economizados no mês e quantas árvores foram poupadas.

Para universidades, com diversos prédios dentro do campus, gerar a própria energia é algo muito viável. Seja pelo espaço disponível, ou até mesmo, pela divulgação de ser sustentável. O valor de marca da instituição é elevada. Além disso, é possível monitorar o valor economizado e qual impacto positivo ao meio ambiente.  

3 – Planejamento Estratégico

Um dos objetivos do planejamento estratégico é garantir a saúde financeira de médio e longo prazo da instituição de ensino. Sendo assim, energia estratégica, é um investimento que trará resultados garantidos dentro de 3 à 7 anos.

Considerando que, sistemas de energia solar tem vida útil de 25 anos, além do aumento da taxa de energia, esse é um dos melhores investimentos para empresas. Nem mesmo investir em Tesouro Direto trará resultados financeiros como implantar um sistema de energia solar.

Gestão financeira é também gestão de tempo. Na DAYBACK, cada dia conta quando falamos de energia. Para nós, a energia solar é pensada como estratégia do seu negócio. Nós queremos fazer mais com o tempo que você tem.

DAYBACK, o melhor custo benefício para geração de energia própria.